Quem pode ser um Perito Judicial?

Foto de Matthew Henry do Burst

Pode ser um Perito Judicial

Qualquer cidadão brasileiro conhecedor de causa, isto é, qualquer pessoa pode ser um PERITO JUDICIAL, desde que tenha conhecimento no objeto da perícia.

A lei concede preferência para os diplomados (graduados, pós-graduados, especialistas, mestres, doutores, pós doutorados), isto é, se no cadastro de Peritos houver um profissional formado e diplomado na área do processo e, um profissional conhecedor de causa sem diploma, entende-se que o JUIZ deverá escolher o de maior nível formacional.

Os Peritos mais comumente nomeados são Contadores, Engenheiros, Arquitetos, Analistas, Artistas.

  • O Contador geralmente realiza os cálculos de valores das sentenças que muitas vezes são bem complexas;
  • O Engenheiro Civil é nomeado para analisar uma discussão sobre imóveis, danos estruturais, precificação, análise de responsabilidades, etc;
  • O Engenheiro Eletricista é nomeado para analisar danos elétricos de grande porte em imóveis, indústrias, fraude nos sistemas de energias, etc;
  • O Engenheiro Mecânico é nomeado para analisar uma discussão em estruturas metálicas, danos em veículos automotores, etc;
  • O Arquiteto é nomeado para analisar o projeto arquitetônico, erros de designer;
  • O Analista de Sistemas ou de Computação é nomeado para identificar fraudes eletrônicas, softwares piratas, cópias indevidas, buscas e apreensão de computadores, etc;
  • O Artista Plástico é nomeado para identificar discrepâncias no designer de peças, partes, quadros e demais obras de artes;
  • O Artista Visual é nomeado para analisar discussão em imagens e vídeos.