Até onde vai o direito do Perito Judicial?

O Direito do Perito

Introdução

Olá, meu nome é Agenor Zapparoli e eu trabalho como perito judicial e assistente técnico nas horas vagas. O tema de hoje é: “O direito do perito vai até onde começa o direito dos demais?”. Muita gente pergunta o que o perito pode fazer, quais são os poderes do perito e até onde o perito pode ir. Será que o perito pode prender alguém? Invadir propriedades? Mexer nas coisas? Neste blog, iremos explorar os direitos e limitações do perito, explicando o que é permitido e o que não é permitido.

Direito Privado e Direito Administrativo

O perito é o braço direito do juiz e possui seus poderes limitados pela lei. Além das responsabilidades privadas, também temos o direito administrativo, que é ainda mais restritivo. Isso significa que o que o perito pode fazer é muito menos do que uma pessoa comum pode fazer. Vamos analisar com mais detalhes as limitações do perito.

Autorização para Entrar em Residências

Uma pessoa física não pode entrar na casa de alguém sem autorização, e o perito também não pode. A menos que tenha um mandado, o perito precisa pedir autorização para entrar em uma residência durante uma perícia. É importante respeitar os direitos de propriedade e privacidade das pessoas.

Manipulação de Objetos

Assim como qualquer pessoa, o perito não pode mexer nas coisas dos outros sem autorização. Não pode abrir geladeiras, por exemplo. No entanto, o perito pode manipular os objetos que estão relacionados à perícia, desde que tenha autorização. É importante obter permissão antes de mexer em qualquer objeto pessoal.

Fotografias

Tirar fotos de pessoas é uma questão complicada. É proibido tirar fotos do rosto de alguém sem autorização. No entanto, o perito pode tirar fotos do objeto pericial e do seu entorno. Se a pessoa estiver na frente do objeto, o perito deve avisar que ela aparecerá na foto. É importante respeitar os direitos autorais e de propriedade visual.

Diferenças entre o Perito e uma Pessoa Comum

Como mencionado anteriormente, uma pessoa comum tem mais poder de execução do que um perito nomeado. O perito tem que seguir a legislação e é restrito em várias situações. Por exemplo, não pode realizar perícias antes das 8h ou depois das 22h. Também não pode tomar café na casa da pessoa que está sendo periciada. Existem muitas restrições que o perito deve cumprir.

Conclusão

O direito do perito vai até o início do direito do outro. O perito pode fazer tudo o que o direito privado autoriza, desde que não esteja restrito pelo direito público. É importante analisar o que uma pessoa comum pode fazer, pois geralmente é o que o perito também pode fazer, com algumas limitações. O perito não possui super poderes e deve seguir as leis e regulamentos em vigor. Se você quer saber mais sobre este tema, deixe sua pergunta nos comentários. Até a próxima!

Made with VideoToBlog

Nosso canal: https://www.youtube.com/@PericiaJudicial
Nossos grupos: https://fala.host/grupos
Laudos e artigos: https://periciajudicial.zsistemas.com.br
Cartão de visitas: https://fala.host/C/Perito
Calculadora de honorários online: https://fala.host/calculadoradehonorarios
Cadastre-se em nosso Banco de Peritos:
https://fala.host/bancodeperitos
5 Passos de como se tornar um Perito Judicial: https://periciajudicial.zsistemas.com.br/index.php/2023/09/27/5-cinco-passos-para-se-tornar-um-perito-judicial
Crie o seu cartão de visitas virtual grátis:
https://fala.host/cartao
#periciajudicial #periciaextrajudicial #pericia #peritos #objetopericial #investigação #assistentetécnico #CREA #NBR #abnt #engenharia #engenheiro